★★★★
★★★★
★★★★
★★★★
★★★
★★★★
★★★★★

10 de noviembre de 2016

(Review 115) - Espada de Vidro

28496627Glass Sword
Victoria Aveyard

Oceáno Gran Travesia / Seguinte / Harper Teen

Livro 2/4 Saga A Rainha Vermelha
1. A Rainha Vermelha
2. La Espada de Cristal
3. King´s Cage
4. ??

552 Páginas
Distopia / Romance / Juvenil
Para leer en Español, haz click AQUI

"Se sou uma espada, sou uma espada de vidro e já me sinto prestes a estilhaçar".

O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas a sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou em uma arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar.

Quando finalmente consegue escapar do palácio e do príncipe Maven, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge do vingativo Maven, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sanguenovos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. 

Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.




* Esta resenha é parte da leitura coletiva organizada por Folloner@s **

Segunda parte de A Rainha Vermelha, Espada de Vidro começa exatamente de onde o primeiro livro terminou. Após ser traída e condenada à morte, Mare escapa com a ajuda da Guardia Escarlata e deverá aproveitar essa segunda chance para fazer justiça e verdadeiramente começar a revolução vermelha.

Levada a Tuck, um dos quartéis generais da Guardia Escarlata, Mare terá a chance de rever a sua família, estar com seu irmão e preparar-se para aquele que será seu principal objetivo: formar um exército de nova sangres e destronar Maven.

Espada de Vidro é um livro cheio de ação e reviravoltas, do começo ao fim. Se na primeira parte, A Rainha Vermelha, a autora nos apresentou a rica e sofisticada sociedade prateada, nesta segunda parte conheceremos um pouco da misteriosa Guardia Escarlata, os rebeldes revolucionários que, ao longo dos capítulos, se apresentam como um grupo extremamente organizado e com ampla influencia. Poderá Mare confiar nas intenções de seus novos aliados? 

Victoria Aveyard nos apresenta uma trama bastante ágil, cheia de surpresas, onde os traidores parecem estar sempre à espreita. Com um numero grande de personagens, confesso que houveram momentos em que tudo ficava confuso e eu já não sabia mais quem era quem. Nix, Garret, Cameron, Ada, Ketha, Nanny, são parte dos muitos novos personagens que entram na trama para lutar, lado a lado com Mare por uma revolução que será marcada por muito sangue e lágrimas. Além desse novo pelotão de novos aliados, Mare contará com velhos conhecidos como seu irmão Shade, Farley, Kilorn e como não poderia deixar de ser, o charmoso príncipe exilado Cal, que por muitas vezes será sua distração e por outras vezes, a sua salvação. A autora aqui nos apresenta mais uma vez um triangulo amoroso, porém, este é um triangulo diferente, obscuro e retorcido já que parte de Mare parece ainda estar ligada à Maven, como se estivesse à espera do doce garoto de outros tempos. Até que ponto a influencia de Maven ainda poderá afetar as decisões de Mare?

Mare, nessa segunda parte, me resultou ser uma protagonista difícil de tragar. Embora eu ame ler distopias, admito que muitas protagonistas do gênero são relativamente difíceis. Demasiado impulsivas, intento de mártires, teimosas, até mesmo estúpidas, muitas vezes essas pequenas heroínas me tiram do sério até o desfecho final da história. Mare, porém, ultrapassa todos esses adjetivos. Ela é uma protagonista que não apenas toma decisões impensadas e estúpidas, como também parece ter um lado mal. Por muitos momentos Mare me pareceu egoísta, mesquinha, arrogante e com um certo nível de maldade que me impressionou ao tratar-se exatamente da protagonista. Mare não é altruísta. Ela não tem receios de admitir que sente ódio, que quer vingança. Até ai, compreensível em vista de tudo o que ela passou. Porém, senti um certo desconforto ao notar em vários capítulos a frieza da personagem até mesmo com os seus. A autora é bastante ousada ao trazer-nos uma protagonista com um lado nitidamente obscuro, e acredito que essa ousadia torna essa série interessante. Admitamos, se Mare fosse exatamente a boa moça como tantas outras protagonistas, que diferencial encontraríamos nessa série? Essa dualidade na personalidade de Mare coloca no leitor dúvidas sobre o caráter da personagem e nos instiga a esperar qualquer coisa de Mare nas próximas continuações e isso garante muita expectativa para o que Victora Aveyard nos trará.

Quanto aos outros personagens, senti falta de Maven e Evangeline. Esses dois personagens que tiveram tanto destaque na primeira parte, são bastante secundários nessa segunda parte. Evangeline apenas é citada, e Maven aparece pouco, porém seus momentos são sempre impactantes. Temos muito de Cal que, admito, não é meu herói favorito e conheceremos melhor à outros personagens como Shade e Farley que, ao meu ver, foram os melhores personagens do livro e se tornaram os meus favoritos.

A trama é alucinante, com momentos imprevisíveis que prendem o leitor. Apesar de ser um libro bastante grande, consegui ler rapidamente, já que as constantes reviravoltas na historia mantém o interesse do leitor durante toda a trama. 
O final inesperado e assustador me deixou muito ansiosa à espera da sua terceira parte. Victoria Aveyard finaliza essa segunda parte nos garantindo uma continuação que nos deixará com arrepios. Resta agora esperar, impacientemente, por 2017 para sabermos mais dos caminhos de Mare Barrow, Maven e toda uma legião de novos heróis prontos para lutar, vermelhos como o amanhecer.

Resumindo, Espada de Vidro, a segunda parte de A Rainha Vermelha, é uma trama muito bem escrita por Victoria Aveyard que nos apresenta uma protagonista de caráter duvidoso, cenas de ação intensa, reviravoltas de arrepiar e traições que deixarão o leitor mais intrigado à cada capítulo. Com um final de tirar o folego, a autora nos apresenta uma trama que, apesar de não ser totalmente original, consegue prender o leitor e deixar-nos ansiosos por sua continuação.





Victoria Aveyard nasceu e cresceu em East Longmeadow, Massachusetts, uma pequena cidade dos Estados Unidos. 
Se mudou para Los Angeles para ganhar um BFA escrevendo roteiros na Universidade do Sul da California. Atualmente divide seu tempo entre as costas leste e oeste. Como autora e roteirista, ela utiliza sua profissão como a desculpa perfeita para ler muitos livros e ver muitos filmes.




Web Page oficial: http://www.victoriaaveyard.com


Twitter: Victoria Aveyard


Beijokas!

Nos Lemos...



20 comentarios:

  1. Oi Alice! Eu li o primeiro e minhas expectativas não foram atingidas, mas pelo que li na resenha parece que a história tomou um rumo empolgante no segundo. Quero muito conferir.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderEliminar
  2. Ainda não li o primeiro volume, mas a Leeh aqui do blog ficou frenética com essa série. Eu nunca tive muito interesse na obra, e ver que a protagonista é mesquinha assim já me deu a certeza de que vou me irritar durante a leitura, então melhor evitar hahaha ótima resenha!!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  3. Oi Alice!

    Não li o primeiro livro ainda, mas concordo que protagonistas de distopias sejam mesmo difíceis! Agora, pela descrição, essa Mare é terrível \o/ Que bom que a leitura foi boa! Adorei a resenha!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderEliminar
  4. Que lindo esse livro <3 achei mega ousado a autora trazer uma personagem com esse lado obscuro, na verdade ela inovou, já que sempre vemos personagens mega autruistas e que nunca tem um lado ruim. Adorei de verdade, sua resenha ficou bem objetiva e ao mesmo tempo detalhista e isso me agradou bastante!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderEliminar
  5. Oi, Alice!
    Li a resenha por cima porque não li o primeiro volume ainda, apesar de querer muito.
    Estou muito curiosaaaaaa e fiquei super feliz de saber que é uma leitura alucinante e cheia de reviravoltas.
    Amo livros assim!
    Adoro quando o autor já te envolve para a sequência e faz você querer ler logo desesperadamente.

    Beijooooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderEliminar
  6. Oi, Alice! Que resenha maravilhosa essa sua. Menina, eu ainda estou tentando engolir A Rainha vermelha, mas sabe como é meu histórico com distopias... bem complicadinho, então ainda não estou pra lá de vontade de ler ainda, mas eu fico bem receosa quanto a personagem. Será que vou gostar dela? Ultimamente as personagens femininas tem me dado nos nervos, e isso acaba dificultando a leitura dos livros e até mesmo de sentir empatia pela personagem. Espero que isso não aconteça com o livro.
    Beijo, Leitora Encantada

    ResponderEliminar
  7. Oi, Alice!
    Menina, eu abandonei Espada de Vidro justamente por conta da Mare. Eu realmene não conseguia engolir ela, estava dificultando a leitura e larguei sem dó e nem piedade.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderEliminar
  8. Oiie Alice,

    Eu sou bem curiosa em relação a essa trilogia e sua resenha foi tão magnífica que me deu vontade de ler agora. Adorei! Vou abrir meu coração e finalmente ler "A Rainha Vermelha".

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderEliminar
  9. Oi Alice,
    Não consigo gostar dessa saga :(
    Acho a capa maravilhosa, mas não me convence, sabe?
    Uma pena...
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  10. Oi Alice,
    Eu ainda estou ensaiando pra começar essa saga.
    Leio tantos comentários positivos sobre a protagonista que fico super curiosa. E gostei de ela ter caráter duvidoso, assim mexe mais com a mente do leitor.
    Tem muito cara de filme, será que vai ter?

    tenha um ótimo final de semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderEliminar
  11. OOOOOOI

    se você conseguiu reunir "bem escrito" e "cenas de ação" na mesma frase, isso é a prova de que o negócio realmente é bom HAHAH
    Como mera mortal leitora, creio que há bastante dificuldade nas horas de escrever cenas de ação. Pequenas coisinhas podem tornar tudo uma confusão tão grande que nem o autor vai se situar!

    Essa série de livros é uma das que estão na minha listinha de QUERO!

    beeijo
    beinghellz.com

    ResponderEliminar
  12. oi tudo bem?

    eu quero muito esse livro, acho a história tão interessante.
    mas o preço está um absurdo e junto com o frete fico falida .
    adorei sua resenha e a capa desse livro é linda beijos

    Taynara Mello | Indicar livros
    www.indicarlivros.com

    ResponderEliminar
  13. Oi Alice
    Eu tentei ler o primeiro livro e a leitura não fluiu, mas tenho muita vontade de retomar. Fico curiosa cada vez que leio uma resenha sobre a série.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  14. Hum...adoro! Quero muito ler esse livro e conferir o que vai acontecer. Eu gosto desse jeito dúbio da personagem principal, isso também me chama atenção. Cal também não é um dos meus favoritos e sim Maven. Você acredita que escrevi isso na minha resenha de A rainha vermelha e menina comentou lá perguntando se eu tinha errado o nome dos personagens, quer fizer...invertido. Não!!! Eu gostei mesmo do Maven, vai me matar por isso? kkkkkkk
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Maven é um dos meus favoritos!!! Ele que dá personalidade ao livro, e ainda acho que a Mare é apaixonada mesmo por ele, e não pelo Cal!

      beijos

      Eliminar
  15. Oi Alice!
    Ainda não li nenhum livro dessa série, mas tenho vontade. Acho que vou esperar lançarem todos os livros para ler!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderEliminar
  16. Oi, Alice

    Eu já acho a Mare difícil de tragar desde o primeiro livro! Rsss
    Eu estava de olho em Rainha Vermelha desde que ele tinha sido anunciado lá fora, fiquei super ansiosa pro lançamento, mas me decepcionei.
    Nem li Espada de Vidro por isso, porque a Mare me irritou bastante.
    Lerei o livro, pois ainda vejo potencial na história, mas vou deixar pra depois.

    Beijo
    - Tami
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderEliminar
  17. Oi Alice,
    Tambem senti uma certa antipatia pela Mare nesse livro, tinha horas que queria dar uns tapas nela mas fazer o quê rsrs.
    Mas a história em si foi boa e estou ansiosa pelo próximo.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderEliminar
  18. Oi, Alice!
    Quero muito começar a ler essa série, principalmente para conhecer a escrita dessa autora, que tantos elogiam! Vou ver se leio no Kindle, já que não possuo os livros físicos. As capas são lindas!

    Beijos,
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderEliminar
  19. Oi Alice, sua linda, tudo bem?
    É muito difícil um personagem na posição dela ter um caráter duvidoso e nos agradar, é como se o autor colocasse o vilão para ser o herói, não pode, risos... Dá uma certa desesperança não ter alguém com valores nesse papel, decepciona a gente. Mas não posso negar que adoro personagens complexos e uma boa disto´pia. Por isso, estou luca para ler!!! Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar