★★★★
★★★★
★★★★
★★★★
★★★
★★★★
★★★★★

18 de septiembre de 2016

(Review 99) - No Place like Oz

17331483No Place like Oz
Danielle Paige

Roca Editorial 
0.1/4 de Saga Dorothy deve morrer 
152 Páginas
 Fantasia / Juvenil / Intriga
Para leer en Español, haz click AQUI


Há uma nova bruxa malvada em Oz e o seu nome é Dorothy...
Adentre no maravilhoso mundo de Oz através desta precuela da nova série best seller mundial Dorothy deve morrer.

No Place like Oz é uma reinterpretação nova do famoso clássico que encantou à milhões de leitores no mundo inteiro.
Dorothy bateu seus calcanhares três vezes e voltou a Kansas. Esse foi o final. Mas, será que tudo realmente terminou aí?

Dorothy vive feliz com a sua tia Em, porém, quando um presente misterioso aparece na porta de sua casa no dia de seu aniversário de dezesseis anos, Dorothy descobre que terá a oportunidade de voltar à cidade reluzente que a transformou em uma estrela. Dorothy se sente feliz diante da possibilidade de reencontrar-se com os seus antigos amigos: o Espantalho, o Homem de Lata e o Leão Covarde. Porém, pronto se dá conta de que durante sua ausência Oz sofreu mudanças, e ela também mudou. Agora, a estrada de tijolos amarelos a conduzirá por um caminho muito diferente, e durante essa viagem, ela descobrirá que la linha entre o bem e o mal se tornou bastante estreita, e já não estará mais tão segura de que lado deverá estar agora.



* Esta resenha é parte da Leitura Conjunta organizada por Arual, do blog Obsesión por la Lectura.

"No Place like Oz" é a precuela da série "Dorothy deve morrer", uma das grandes novidades do mês. Confesso que não estou muito familiarizada com a famosa história de "O Mágico de Oz". Sei quem foram Dorothy e seus amigos, o Espantalho, o Homem de Lata e o Leão. Sei que Dorothy era a garota humana, no mundo encantado de Oz e que ali foi a grande heroína ao haver salvado aquele lugar mágico da destruição que o ameaçava. Porém, em detalhes, conheço muito pouco da história de Oz.
Nada disso impediu que eu desfrutasse enormemente dessa leitura e digo mais, terminei essa precuela com uma vontade imensa de começar imediatamente a primeira parte pois, neste pequeno relato, a autora simplesmente me alucinou ao apresentar uma história diferente, com personagens intrigantes e que possuí uma trama mais sombria do que seu clássico original.

"No Place like Oz" nos traz novamente Dorothy no dia de seu aniversário de dezesseis anos. Dorothy está de volta à Kansas, depois de sua aventura no mundo de Oz, ela agora está vivendo novamente com seus tios, tia Em e tio Henry e ajudando-os a tomar conta da pequena granja onde vivem. 
Em Kansas, Dorothy já não é uma heroína, ela nem ao menos tem amigas. Sua única amiga a abandonou depois que Dorothy tornou-se momentâneamente celebridade local ao haver sido tragada pela tornado. E agora, Dorothy passa seus dias solitários relembrando os dias de aventuras e glória ao lado de seus 3 amigos pela terra de Oz. 

Quando em seu aniversário, Dorothy recebe um belíssimo par de sapatos, ela à princípio não tem dúvidas de que tia Em acabou gastando mais do que deveria em um presente para ela porém, ao colocar os sapatos, Dorothy percebe que aqueles sapatos são diferentes... mágicos... na verdade, eles exalam um poder que apenas poderiam ter vindo de um lugar: Oz. E esses mesmos sapatos serão a chave para Dorothy retornar novamente ao mundo de Oz.

Após provar a rejeição e o desprezo em sua própria festa de aniversário, Dorothy consegue uma vez mais voltar à Oz, à oportunidade de voltar aos seus verdadeiros amigos. Porém, Dorothy descobre que Oz já não é o mesmo lugar que havia conhecido antes de partir. 
A chegada da misteriosa princesa Ozna mudou as coisas por ali. E as intenções de Osma parecem, à primeira vista, muito nobres e puras porém, logo fica claro que algo obscuro paira sobre Oz. Será que a felicidade dos habitantes de Oz é apenas uma ilusão ou efeito de alguma magia? Poderá Oz estar submergida mais uma vez em trevas sem ao menos haver-se dado conta?
E o que aconteceu à Glinda, a bruxa que ajudou Dorothy em sua volta para Kansas? Porque os caminhos do Leão, do Espantalho e do Homem de Lata, seus leais amigos, se separaram?

Dorothy quer responder à essas perguntas e, se preciso for, salvar uma vez mais a terra de Oz dessa nova ameaça incerta e desconhecida. E ao final de tudo, ela deverá decidir se voltar à Kansas ainda é realmente uma opção ou se realmente não há lugar como Oz.


"Durante o tempo em que havia regressado a Kansas, quase me permiti esquecer esta parte de Oz: as bruxas, os monstros e as coisas feias e perigosas. Me permiti esquecer que não se deve confiar muito na magia porque ela é imprevisível. A magia gosta de mudar as coisas. Algumas vezes as converte em algo incrível e espetacular, algo que te deixa sem fôlego. Outras vezes a magia retorce as coisas e as corrompe, transformando-as em algo que apenas conhecemos.
Por que para tudo que há de maravilhoso, há também algo que seja mal. Esse é o preço que se paga pela magia.
Vale a pena, pensei. Inclusive aqui, de pé no centro de um lugar que irradia uma maldade pura que jamais havia sentido, eu sabia que sempre valia a pena.
Porque sem magia, apenas resta Kansas."

Dorothy, essa personagem que sempre tivemos como alguém tão pura, bondosa e ingênua, na versão de Danielle Paige ganha uma nova personalidade. Dorothy é determinada, ela sabe o que quer e fará o que for preciso para conseguir. Dorothy aparentava ser altruísta, mas também possuí seus desejos próprios de menina: ela quer ser amada, ela quer ser querida e mais do que isso, ela quer ser importante
A autora nos traz aqui uma Dorothy com várias facetas, e que parece à todo instante revelar um novo lado de sua personalidade. Gostei muito dessa nova Dorothy e tenho certeza que nos livros que se seguem à continuação, muitas surpresas relacionadas à essa personagem ainda estão por vir. 

Ainda não dá pra falar muito dos famosos amigos de Dorothy, a autora nos trouxe pouco nessa precuela do Homem de Lata e do Leão, até mesmo o Espantalho tem uma aparição curta que permite apenas que o leitor possa conhecer quem ele é, mas sem se aprofundar na personalidade do personagem que, certamente, será vista com maiores detalhes nos livros principais da série.

A precuela de Danielle Paige é importante, acrescenta informações e detalhes à série e considero que deve mesmo ser lida antes do primeiro livro.
A narrativa da autora à princípio é pausada, porém, em poucos capítulos torna-se muito viciante. Ao princípio, a leitura pode parecer lenta, já que a autora nos apresenta Dorothy vivendo uma vida cansativa e chata no Kansas. Porém, em poucas páginas as reviravoltas da história começam a surpreender o leitor e, quando nos adentamos no universo de Oz, fica impossível deixar de ler essa curta precuela que, termina nos deixando de maneira fascinante e nos deixa com uma vontade imensa de continuar essa história e desvendar um à um os novos segredos que Oz nos trará.

A história está narrada em primeira pessoa, desde o ponto de vista de Dorothy.

Resumindo, No place like Oz foi uma precuela que me permitiu adentrar em cheio no mundo mágico de Oz. Com uma ambientação impecável e uma narrativa viciante, Danielle Paige nos apresenta nesta precuela uma prévia do que encontraremos em Dorothy deve morrer, e os garanto que vale totalmente à pena. 
Recomendo muitíssimo.



Resultado de imagen para danielle page authorDanielle Paige é formada pela Universidade de Columbia e também é a autora da série "Dorothy deve morrer" (Dorothy must to die). Antes de começar na literatura juvenil, Danielle trabalhou na indústria televisiva, onde recibeu um prêmio Writers Guild of America Award. Danielle também já foi indicada à outros prêmios como o Daytime Emmys. Atualmente, a autora vive na cidade de Nova York.
Web Page Oficial: http://daniellepaigebooks.com/

Twitter: Danielle Paige

Participaram desta Leitura Coletiva:



Beijos...

Nos Lemos...


21 comentarios:

  1. Oie Alice =)

    Eu sou apaixonada pelo Mágico de Oz. Dos clássicos infantis ele é um dos meus favoritos.

    Não conhecia essa "nova versão", por assim dizer da história, mas fiquei bastante curiosa para ler o livro. Gosto bastante dessa versões atualizadas dos clássicos. É sempre uma forma interessante de revivermos a mesma história, mas por outra perspectiva.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderEliminar
  2. Oi Alice, tudo bem?
    Confesso pra você que tenho mais curiosidade em ler Dorothy Deve Morrer, parece uma releitura mais interessante. Mesmo não sendo super fã do mundo de Oz, curti a dica e a resenha!
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderEliminar
  3. Gostei da resenha Alice. Assim como você, também não li nada a respeito do mundo de Oz, mas achei a premissa da série e sua nova roupagem interessante. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderEliminar
  4. Oi, Alice! Eu confesso que também nunca soube exatamente o que O Mágico de Oz fala. Já vi o filme mas acho que nunca terminei e ele é tão antigo que a vontade é bem escassa rsrs eu gostaria de ler esse livro para conhecer mais sobre esta história já que é tão conhecia nos outros países. Acredito que ele também enriquece mais ainda nossa imaginação ao conhecer mais sobre Oz e seus personagens. Acho que daria uma ótima leitura, mais que anotado!
    Beijo, Visite o Leitora Encantada

    ResponderEliminar
  5. Oie,
    adorei a resenha e não conhecia nem o livro nem a série, mas parece ser interessante.
    Faz muito tempo que não vejo nada de Oz.

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz

    ResponderEliminar
  6. Oi Alice! Foi a primeira resenha que li sobre a obra. Vi divulgações a respeito, e o vi num site outro dia, quase comprei, mas fiquei receosa por não saber nada a respeito.
    Amei toda a premissa, estou arrependida por não haver comprado.
    Sua resenha está ótima, adorei a dica.
    Beeijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  7. Oie!
    Achei interessante a obra, ainda não conhecia. Eu nunca li O mágico de oz mas sou curiosa, é um clássico, mas nunca li. Adorei a indicação e me animou para ler. Beijinhos

    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  8. Eu também não sou inteirada no mundo de Oz, mas gostei bastante do fato de não ser uma releitura da obra, sendo considerada mais uma continuação, onde a própria protagonista amadureceu e anseia por encontrar seus velhos amigos, mas não é exatamente com o que ela se depara. Fiquei curiosa pra compreender melhor esse mundo repleto de magia!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  9. Oi Alice!
    Primeiro, adorei essa palavra: precuela. Não tem uma palavra em português do Brasil que traduza! Aqui chamamos de "prequel", como é em inglês mesmo.
    Ainda não li nenhum livro dessa série, mas adoro releituras de histórias famosas. Fiquei com vontade de ler!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderEliminar
  10. Oi, Alice!

    Eu gosto muito do Mágico de Oz, e gostaria de ler essa história que você resenhou, parece ser interessante, principalmente pelo fato da personagem ter crescido.
    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderEliminar
  11. Oi Alice,
    Adorei conhecer esse livro, por mais que não tenha tanto conhecimento no mundo de Oz, fiquei muito curiosa com essa história. Dica anotada.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderEliminar
  12. Oi Alice!

    Eu gosto do mundo de Oz embora quando pequena não gostava das bruxas. Parece que a ambientação é realmente boa, fiquei interessada na leitura, gostei da premissa! E ótima resenha!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderEliminar
  13. Hello, Alice! Tudo numa nice?!
    Eu confesso que tenho trauma de Oz for life depois de ver uma série que eu detestei e depois de assistir ao filme da disney em 2013, que para mim, foi ruim demais. Apesar de eu amar o Franco, não gostei de forma nenhuma do desfecho.
    Anyways... Eu meio que já tinha me esquecido que a Dorothy vivia no Kansas e tinha sido sugada por um tornado. ahhaha. Apesar disso, eu ainda assim estava curiosa para conferir Dorothy tem que morrer, eu só tinha deixado a ideia e o livro de escanteio por causa da quantidade de páginas - nem muito por isso, e sim porque é em primeira pessoa e eu tenho tendência a enjoar dos personagens e se for tão longo assim piora. Tô numa vibe terceira pessoa for life. Mas eu estou curiosa demais para conferir o livro, sobretudo depois de sua resenha e vou ler o mais breve possível ahah.
    Beijin...
    Pieces of Alana Gabriela

    ResponderEliminar
  14. Oi, Alice!
    Menina, eu também sou meio por fora da história d'O Mágico de Oz. Só sei o basicão mesmo.
    Desde que vi a premissa no goodreads, eu fiquei bastante interessada. Finalmente essa série chegou aqui no Brasil o/
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio de aniversário Balaio de Babados e Postando Trechos
    Participe da promoção 1 Ano de Estilhaçando Livros

    ResponderEliminar
  15. Olá, Alice.
    Gosto bastante de obras que propõem brincar com a trama de obras já canonizadas.
    Também não tenho um profundo conhecimento sobre Oz, mas fiquei bastante interessado pela obra e acredito que irei gostar da trama.
    Boa dica.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de setembro. Serão três vencedores, cada um ganhando dois livros.

    ResponderEliminar
  16. Este comentario ha sido eliminado por el autor.

    ResponderEliminar
  17. Eu gosto muito do filme mágico de Oz, eu não conhecia esse livro, mas fiquei interessada.
    Depois vou procurar para ler, bjs!
    Refúgio da Ju

    ResponderEliminar
  18. Que negócio interessante esse de colocar a pequena e salvadora Dorothy como uma bruxa má.
    Gosto muito do mágico de Oz, e gosto de releituras desses desenhos famosos.
    Vamos ver o que sai ne?
    Beijos,
    Colecionadores de Livros

    ResponderEliminar
  19. Achei incrível essa inversão de papeis! Essas geralmente rendem as melhores histórias!
    a gente tão acostumada a ver a versão original que uma mudança de visão faz muito bem. Renova a leitura!

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderEliminar
  20. Oi Alice! Eu sempre gostei do universo de Oz e preciso conferir esta série, sei que tem uma abordagem diferente, mas ainda assim é sobre personagens que amo.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderEliminar
  21. Olá!
    Apesar de achar o mundo de Oz interessante, nunca li o livro, só conheço o universo por meio dos filmes que assisti. No place like Oz, parece interessante, principalmente, para aqueles que conhecem e adoram a magia do mundo de Oz. É sempre legal adentrar em um universo que já conhecemos, só que com elementos novos e diferentes.

    Abraço!
    https://bloghistoriasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderEliminar