★★★★
★★★
★★
★★★★★
★★★★
★★★★
★★★★

8 de agosto de 2016

(Review 85) - Zafiro

12637458Saphirblau
Kerstin Gier

Montena / Circulo de Lectores / Contraponto
2/3 de Saga Joyas Preciosas
368 Páginas
 Romance / Fantasia / Juvenil 

Para leer en Español, haz click AQUI

Gwen vive em uma nuvem...

Com Gideon! Mesmo sendo muito consciente de que o amor entre dois viajantes do tempo pode reservar surpresas traiçoeiras. Por sorte, ela tem bons conselheiros: sua melhor amiga, Leslie; seu acompanhante da escola, James o fantasma, e Xemenius, uma gárgula que se mete em bastantes confusão. Além disso, Gwen e Gideon tem problemas mais importantes para se ocupar... Por exemplo, salvar o mundo. Ou aprender a bailar um minué (que não é nada fácil). Porém, ambos deverão entender que o amor deve passar à frente de todo o resto; sobre tudo quando caiam nas redes do Conde de Saint Germain...


Se Rubi já tinha me encantado, Zafiro conseguiu manter o meu interesse.
Confesso que quando chego no segundo livro de uma série (qualquer uma em geral) sempre fico com um pouco de receio. Já estou acostumada a que o segundo livro é quase sempre um livro "ponte" entre o primeiro que se inicia e o terceiro que finaliza tudo. Esses livros intermediários, a maioria deles, são já conhecidos por acrescentarem poucas coisas à trama, e por serem mais chatinhos que o livro que o antecedeu ou o livro que virá na sequência.
Zafiro, felizmente, conseguiu me manter pegada à suas páginas, sem me cansar e tem mais... Zafiro acrescenta fatos novos à história que te deixarão em cólicas à espera do terceiro livro.

9637773Rubi nos apresenta como tudo começou... A descoberta do dom de Gwendolyn, a apresentação de cada personagem, como foi fácil simpatizar com Gwen e Leslie, como Charlotte me desceu super mal e, como sou indiferente à Gideon (não sei, pra dizer a verdade Gideon me pareceu um dos protagonistas masculinos mais sem graça que li este ano)...
Em Zafiro a história prossegue exatamente do ponto em que terminou Rubi.

Gwen agora já sabe que não é uma adolescente normal, como chegou a crer que fosse durante toda a sua vida... E deverá lidar com as constantes suspeitas dos Vigilantes, a arrogância de Gideon e o ciúmes de Charlotte.
Nesta sequência, Gwen segue mais sarcástica e ainda mais curiosa. A heroína da vez me arrancou várias gargalhadas com as constantes confusões que sempre encontra pelo caminho e também a sua divertida amizade com Leslie.
Por outro lado, se Gideon já não tinha me convencido totalmente no primeiro livro, nesta segunda parte está ainda mais insuportável. Esse personagem simplesmente me tira do sério. Estou segura de que Gideon é do tipo bipolar, e estes personagens assim, geralmente, me irritam bastante. Sua arrogância extrapola os limites, sua relação com Charlotte me enjoa, a maneira como trata Gwen... ai meu Deus, me dá vontade de dar um soco nele.
Para dizer a verdade, se há algo que não gosto nem um pouco nesta trilogia, esse ponto certamente é o romance. 
Não há química entre Gwen e Gideon. O tipo é um verdadeiro asco, um personagem fraco e de atitudes contraditórias.
Gwen é doce, divertida. O amor que sente por Gideon não me convence para nada, me pareceu muito precipitado.

"O amor não conhece nenhum freio;
para ele não existem portas ou cadeados
nem poder que limite seus impulsos.
Amor não conhece principio ou fim.
Ele agita suas asas como o vento
e assim o fará até o fim dos tempos."

A narrativa de Kerstin Gier segue sendo viciante. Zafiro não é um livro pequeno, ainda assim se lê em um respiro porque a autora consegue prender a atenção do leitor com todos os mistérios agregados e também a entrada de alguns novos personagens garantiu mais ação e mais suspense à trama.

O final foi surpreendente com um cliffhanger para deixar-nos com o coração nas mãos. Há muitas pontas soltas para o terceiro (e último) livro e espero que a autora consiga responder tudo com coerência e com um desfecho satisfatório para os leitores.

Em resumo, Zafiro é o segundo livro da trilogia Joyas Preciosas. Apesar de ser um livro "ponte" entre o primeiro e o último, consegue manter um bom ritmo que prende o leitor desde o início. Com personagens muito bem planejados e com uma trama bastante curiosa, a trilogia nos apresenta um universo novo, de viajantes do tempo e conspirações e é uma boa opção para quando buscamos uma leitura simples e leve e também ótima como uma pausa entre leituras mais densas.




Kerstin Gier é uma escritora alemã conhecida por seus livros dedicados à literatura infantil e juvenil, destacando-se por suas novelas para jovens adultos, com grandes doses de romance e pensadas para um público feminino.
Nascida em 1966 em Bergisch Gladbach, começou a escrever enquanto ainda trabalhava como professora. Em 1996 publicou a sua primeira novela, Männer und andere katastrophen (Hombres y otros desastres). Se seguiram treze novelas publicadas, e com cada uma delas foi ganhando à mais e mais leitoras porque soube criar um estilo e uma imagem próprias, sem cair nos previsíveis estereótipos, e consegue fazer milhares de mulheres se identificar com suas novelas. Sua última novela, En realidad se miente mucho más esteve nos primeiros lugares da lista de best sellers da Spiegel, como também esteve a sua trilogia juvenil Rubinrot

Kerstin Gier é uma autora consagrada na Alemanha, onde suas novelas venderam milhares de exemplares, sendo Rubí (2009) sua novela mais conhecida à nível internacional. Em 2005 foi a ganhadora de um premio DeLiA (Melhor novela de amor em idioma alemão). 

Atualmente vive com seu marido e seu filho em uma pequena cidade perto de sua antiga cidade natal.


Web Page Oficial: http://kerstingier.com/

Twitter: Kerstin Gier


11 comentarios:

  1. Olá, tudo bem? Não conhecia essa saga, mas gostei de conhecer. O livro parece ser muito bom, bem no estilo que gosto. A resenha ficou muito boa!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderEliminar
  2. Olá, Alice.
    Eu sempre acabo me decepcionando com os segundos livros também, geralmente são bem mais fracos. Mas ainda bem que isso não aconteceu aqui. E espero que o terceiro seja ainda melhor. Eu não conhecia esses livro ainda mas achei bem interessante, mas pelo que vi não tem aqui no Brasil.

    Blog Prefácio

    ResponderEliminar
  3. Adoro um livro viciante que prende a gente com todos seus mistérios. Fiquei bastante curiosa com essa história... Adorei seu post! Beijos! =*

    www.lendo1bomlivro.com.br
    Instagram :) @lendo1bomlivro

    ResponderEliminar
  4. Oi Alice, tudo bem?
    Fico feliz que o segundo volume tenha te prendido!
    Eu gosto bastante de alguns livros intermediários, como Em Chamas por exemplo. É meu favorito de Jogos Vorazes. <3
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderEliminar
  5. Olá... Alice, tudo bem???
    Eu não tenho problemas com os segundos, bem raramente me frustro com algum, geralmente meus grandes problemas é me senti satisfeita com um final de uma série e quando isso não acontece divo louca da vida haha... não conhecia os livros... mas adorei a parte em que disse que mesmo ele sendo de muitas páginas, você consegue ler apenas com um respiro... achei um máximo e mesmo com o casal que não te agrada muito a história funcionou para você... vou procurar saber mais... Xero!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  6. Gostei da resenha Alice. Confesso que estou um pouco enjoada deste gênero literário, mas para quem aprecia realmente é um prato cheio. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderEliminar
  7. Oi, Alice!
    Nossa gosto de narrativas viciantes, essa autora ainda não conhecia com certeza é um livro que parece valer a pena! :)
    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderEliminar
  8. Oi, Alice!
    Geralmente séries caem na maldição do segundo livro. Ainda bem que aqui foi diferente.
    Desde a resenha do livro anterior, a minha vontade de ler essa série foi despertada.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderEliminar
  9. Oie,
    não conhecia o livro, mas já adorei pela capa.
    Ainda bem que a série não caiu na maldição

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderEliminar
  10. Não conhecia o livro,as parece ser bom ♥ é bem meu tipo rsrsrs
    Beijos
    http://dreamydepernasproar.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  11. Talvez esse livro não me interesse tanto como o Rubi, porque infelizmente já envolveu muita fantasia e eu não me prendo muito a esse tipo de leitura.
    http://no-universo-dos-livros.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar