★★★★
★★★
★★
★★★★★
★★★★
★★★★
★★★★

26 de abril de 2016

(Review 70) - Entre o Amor e a Vingança

26212023A Rogue by Any Other Name
Sarah MacLean

Avon / Versátil / TopSeller / Gutenberg
Libro 1/4 Saga The Rules of Scoundrels
405 Páginas
Histórico / Romance 

Para leer en Español, haz click AQUI



O que um canalha quer, um canalha consegue...

Há uma década atrás, o Marquês de Bourne perdeu tudo o que possuía em uma mesa de jogo e foi expulso do lugar aonde vivia com nada, além de seu título. Agora, sócio da mais exclusiva casa de jogos de Londres, o frio e cruel Bourne quer vingança e vai fazer o que for preciso para recuperar sua herança, mesmo que para isso tenha que se casar com a perfeita e respeitável Lady Penelope Marbury.

Após um noivado rompido e vários pretendentes decepcionantes, Penélope ficou com pouco interesse em um casamento tranquilo e confortável, e passou a desejar algo mais em sua vida. Sua sorte é que seu novo marido, o marquês de Bourne, pode proporcionar a ela o acesso a um mundo inexplorado de prazeres. Apesar de Bourne ser um princípe do submundo de Londres, sua intenção é manter Penelope intocada por sua sede de vingança - o que parece ser um desafio cada vez maior, pois a esposa começa a mostrar os seus próprios desejos e está disposta a apostar qualquer coisa por eles. Até mesmo o seu coração.



Sarah MacLean definitivamente acaba se tornar uma de minhas autoras favoritas em romances históricos. 
Já tentei ler vários romances. Contemporâneos, juvenis, adultos e finalmente os históricos. Alguns, me encantaram. Outros, me enjoaram. Quando comecei esse livro, estava com um pouco de medo.
Ouvi coisas maravilhosas sobre a autora e sobre o livro porém, todas opiniões vindas de blogueiras que amam o gênero histórico e romântico. Eu tinha dúvidas se seria realmente a leitura certa para mim. E devo dizer que este livro me surpreendeu positivamente.

Aqui conhecemos a história da doce Penelope Marbury e do mocinho malvado, Michael Bourne.
Quando eram crianças, Pen e Michael cresceram juntos, suas famílias eram velhas conhecidas e junto com Thomas Alles tiveram uma infância unida e feliz. Tudo mudou quando uma noite Michael perdeu tudo nas mesas de jogo. O responsável pela ruína de Michael é um velho amigo de seu falecido pai e, para piorar a situação, é o pai de seu amigo, Thomas. 

Michael é obrigado a partir, deixando para trás toda a sua herança e patrimônios e jurando um dia se vingar do homem que lhe tirou tudo. 

Nove anos depois, Michael possuí muito mais do que antes, e é um dos donos da casa mais famosa e infame de Londres - The Fallen Angels. Um lugar aonde a nobreza de Londres se reúne para apostar e viver alguns momentos de liberdade, fora dos costumes conservadores da sociedade.

Penelope também não teve sorte. Envolvida en um dos maiores escândalos da época, ao ser abandonada por seu noivo que decidiu casar-se por amor, Penelope sofreu um duro golpe, passou a ser rejeitada e ridicularizada pela sociedade que a culpava pela perda do noivo.

O pai de Penelope decide então fazer a jogada final: ele anexa Falconwell (as antigas terras de Michael Bourne que, agora pertencem ao pai de Penelope após ganhá-las em um outro jogo de apostas) ao dote da moça.
Ao saber da notícia, Michael não tem dúvidas: ele deverá se casar com Penelope e assim recuperará Falconwell, a terra que pertenceu ao seu pai, ao seu avô e à gerações de sua família. 
Ao princípio, Penelope é um meio para o fim de seu objetivo e Michael jura que não irá amá-la, não irá ser o marido tradicional cortejando a sua esposa. Porém, para compensar a pobre donzela, ele promete à Penelope uma vida de maior liberdade.

Penelope aceita, consciente de que, à sua idade, as chances de uma casamento por amor são cada vez menores e, uma negativa sua poderia afetar também o futuro de suas irmãs menores, Phillipa y Olivia. 

Assim, Penelope aceita contrair matrimônio com Michael, mesmo consciente de que o frio marques de Bourne jamais poderá dar à ela o que tanto deseja: amor verdadeiro. Porém, Penelope decide fazer um acordo: o Marquês de Bourne deverá ajudá-la a conseguir bons pretendentes para Phillipa e Olivia e, para isso, Penelope e Bourne deverão representar a imagem perfeita de um casal apaixonado, apagando assim o passado de escândalos de ambos.

Com o passar dos dias, Bourne e Penelope vivem uma relação cheia de reviravoltas, alcançando o amor e o ódio em questão de segundos e a pluma magnifica de Sarah MacLean com diálogos carregados de humor e ironia, terminaram por trazer o toque mágico final à história.

22317583


"Eu tive uma vida demasiado perfeita e era como ter caído de um precipício. O perfeito é demasiado fácil, demasiado certo. Não necesito a perfeição e não necessito mais ser perfeita. Agora, quero ser imperfeita. "



O ritmo da história no decaí em nenhum minuto, os personagens secundários são geniais, a autora me deixou super curiosa para conhecer os outros canalhas, Chase, Cross y Temple. 

Os personagens principais, Penelope e Bourne, também me agradaram, embora Bourne tenha me tirado do sério de vez em quando com seu comportamente frio, por não dizer, cruel.
Penelope, embora sonhadora, não deixa de ser bastante astuta e valente, com um desejo bastante insaciável para conhecer as maravilhas que a liberdade oferece. Este seu lado aventureiro me encantou, porém, me cansava quando se colocava como uma donzela sonhando com Bourne e um amor de contos de fada.

Como já disse, Sarah MacLean é uma autora que conseguiu me surpreender com a sua pluma suave, direta e divertida. Embora seja um livro romântico e já saibamos como vai terminar, a autora consegue enganchar o leitor com diversas reviravoltas e surpresas. A caracterização da época e dos costumes daquela sociedade também é exposta de uma maneira bastante curiosa e envolvente.

Ao final do livro a autora ainda nos presenteia com um preview da próxima continuação e... oh Meu Deus... preciso conferir essa história logo porque estou segura que vou gostar até mais do que esta primeira parte já que os próximos protagonistas são realmente muito interessantes.


Entre o amor e a vingança é um início de saga absolutamente impecável.
Uma novela que conseguiu me encantar desde seu inicio, com a prosa especial de sua autora e um romance precioso que me deixou fascinada.





Sarah MacLean cresceu em Rhode Island, obcecada com as novela românticas históricas e lamentando o fato de haver nascido há muito tempo depois de poder participar de um baile com seus pretendentes. Seu amor pela historia a impulsionou a licenciar-se no Smith College e depois em Harvard University, antes de decidir-se, por fim, juntar papel e caneta e escrever a sua primeira novela. 

Sarah vive agora na cidade de New York com seu marido, seu bebê, seu cachorrinho e uma impressionante coleção de novelas românticas. 

Web Page Oficial: http://www.sarahmaclean.net/


Twitter: Sarah MacLean


Nos Lemos...

Beijokas!


6 comentarios:

  1. Oi Alice, como vai?
    Eu tô na maior vontade de ler essa saga, mas ainda não tive oportunidade. Todos falam bem dela e sei que MacLean irá me surpreender da melhor forma. Sua resenha está perfeita.
    Beijos
    O Reino Encantado de uma Leitora

    ResponderEliminar
  2. Oi, Alice!
    Acabei me rendendo aos elogios para a Sarah, mas não comecei por esse livro, que está na fila. Eu estou lendo Nove Regras.. (o título é gigante e eu nunca lembro) e estou gostando muito.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderEliminar
  3. A-M-O os livros dessa diva! O Clube dos Canalhas é um dos meus favoritos dela. Amei a sua resenha, me deu vontade de reler o livro ♥ Só falta o último pra mim e já adianto: fica melhor a cada livro \o/
    Beijo*
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  4. Oi Alice! Este livro é meu queridinho. Eu adorei a história e fiquei muito feliz quando a Editora até colocou parte da minha resenha na orelha do livro. A autora é muito boa, leio esta e outra série dela e adoro.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderEliminar
  5. awn parece ótimo pra ler em dias frios :3
    Amei a dica ;)
    ❥Blog:Gordices Literárias

    ResponderEliminar
  6. Gostei muito da capa depois de ver essa outra rs. Adoro romance de época, é um verdadeiro vício atualmente. Tinha lido bons comentários do livro, mas ainda não tinha despertado minha vontade ler. Agora já está na lista. Adorei!

    http://constelacaopyxis.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar