★★★★
★★★★
★★★★
★★★★
★★★
★★★★
★★★★★

5 de abril de 2016

(Review 64) - Onyx

OnyxOnyx
Jennifer L. Armentrout

Plataforma Neo / Entangled Teen 
Libro 2/5
420 Páginas
Romance / Fantasia / Juvenil

Para leer en Portugués, haz click AQUI

Being connected to Daemon Black sucks...

Thanks to his alien mojo, Daemon´s determinated to prove what he feels for me is more than a product of our bizarro connection. So, I´ve sworn him off, even though he´s running more than cold these days. But we´ve got bigger problems. 

Something worse than the Arum has come to the town.

The Department of Defense is here. If they ever find out what Daemon can do and that we´re linked. I´m a goner. So is he. And there´s this new boy in the school, who´s got a secret of his own. He knows what´s happened to me and he can help, but to do so, I have to lie to Daemon and stay away from him. Like that´s possible. Against all common sense, I´m falling for Daemon. Hard.

But then everything changes...

I´ve seen someone who shouldn´t be alive. And I have to tell Daemon, even though I know he´s never going to stop searching until he gets the truth. What happened to his brother? Who betrayed him? And what does the DOD from them - from me?

No one is who they seem. And not everyone will survive the lies... 


17885247Primeiramente devo dizer que não sei de verdade o que acontece comigo pois ando muito, muito, muito esquisita para livros. A verdade é que muitos livros que os meus amigos blogueiros amam de paixão e me indicam, ao final, terminam não me convencendo. Há séries de livros cuja primeira parte eu amei, mas na sua continuação o encanto meio que se esfumou, e eu nem sei dizer exatamente porquê. Isso foi precisamente o que me aconteceu com Onyx, a segunda parte da saga de Jennifer L. Armentrout.

Para dizer ainda mais a verdade, o personagem de Daemon é um que não termino por entender. Para mim é um personagem demasiado vaidoso, demasiado orgulhoso e muito arrogante. Eu sei que certamente o seu charme está justamente nesse ar de superioridade, porém, a verdade é que eu não consigo gostar dele, por mais que tente. 

Eu realmente gosto de romance nos livros. Na grande maioria das histórias, o romance é um plus, que termina por trazer mais emoção à trama. Porém, este casal (Kat/ Daemon) embora não os tenha detestado, tampoco posso dizer que os amei. Simplesmente não me passou aquela conexão que me fizesse torcer por eles, embora eu tentei.

O livro começa exatamente do ponto aonde terminou Obsidian.
Kat continua vizinha dos gêmeos Daemon e Dee porém, a sua amizade com Dee começa a se deteriorar por alguma estranha razão alheia à vontade das duas meninas. Dee está completamente focada em seu namorado, Adam. E Kat segue obcecada por Daemon, de maneira que, neste livro, temos muito pouca interação entre Dee e Kat o que é uma lástima porque eu gostei muito da amizade especial entre as duas.

Depois de haver sido curada por Daemon, Kat começa a desenvolver certas habilidades paranormais como se fosse agora metade humana, metade Luxen. Desde o princípio surge a dúvida sobre o que está passando a Kat, se esses efeitos são apenas temporários ou permanentes, e até aonde alcança a sua conexão com Daemon. 
Kat agora já não tem o rastro, ela já não é um alvo fácil para os Arum, porém agora ela pode sentir Daemon como se eles fossem duas metades. Se Daemon está por perto, ela sente sua presença e, sem entender o que passa, os dois terminam ficando cada vez mais próximos.
Já não discutem como faziam antigamente. Kat se sente mais à vontade para dizer as coisas à Daemon e a relação entre eles começa a tomar um rumo, os sentimentos deles vão se tornando mais claros.

Enquanto isso temos a chegada de um novo garoto, numa tentativa de forçar um triângulo amoroso (porque os autores insistem nisso?). Se chama Blake e logo se torna próximo à Kat. Á princípio, Blake se torna parceiro de Kat nas aulas de Biologia, porém, logo começa a dar sinais de que está interessado em Kat, até que por fim a convida para sair. Até agora não entendi porque Kat, ainda que enferma de amor por Daemon, termina aceitando o convite de Blake...

O que passa é que Blake também esconde os seus segredinhos, e para saber mais os convido a ler o livro...haha

Além da entrada de Blake, a mãe de Kat também conhecerá um médico chamado Will, e o conhecido drama familiar de ... "ele quer tomar o lugar do meu pai!..." também se faz presente nesta parte da trama. 

Neste livro, os Arum seguem bastante presentes na história, porém, o ponto que mais chama a atenção é a entrada do DOD, uma organização do governo que controla a vida dos Luxen, conhece os seus segredos, e a pergutna de um milhão aqui é: "Até aonde o DOD realmente sabe sobre os Luxen e suas capacidades?"

Onyx tem mais ação do que Obsidian. Obsidian é mais introdutório, nos traz mais da história dos Luxen, dos Arum, seus segredos e habilidades, enquanto Onyx já nos traz uma história mais cheia de mistério e ação quando inimigos desconhecidos começam a se fazer presentes e alguns segredos saem à luz. O final do livro é como: "oh meu Deus, porque acabou assim??!!". A autora nos deixa um baita cliffhanger que te mata de curiosidade por ler a continuação. 

Houveram momentos aonde a leitura foi um pouco pesada, momentos aonde eu não tinha a menor vontade de seguir lendo e eu nem sei porquê! Acredito que é porque tenha muito de Daemon e Kat como casalzinho, os dramas juvenis típicos de YA e eu esperava mais de ação mesmo, aquela adrenalina nervosa e não tanto de casais e seus problemas sentimentais.

A narrativa da autora continua muito boa, gostei muito de cada mistério e dos novos personagens agregados à trama.

Se trata de um livro com bastante reviravoltas e surpresas. Embora eu tivesse minhas conclusões acerca de alguns personagens, e até estava no caminho certo, a maneira como a autora revela a coisa toda é bastante original e viciante.

Senti falta da presença de Dee na história. É um personagem que me encanta, muito graciosa e doce. Ela teve realmente pouco destaque nessa parte, porém, pelo rumo que a trama toma, acredito que nas continuações teremos muito de Dee.

O ponto negativo segue sendo o casal Kat e Daemon e a importância exagerada que seus dramas recebem. Realmente chegaram a cansar com seu "empurra e solta". Achei que em alguns momentos Kat foi até um pouco egoísta, sua paixão avassaladora por Daemon a impede de ver o mundo de seus amigos ruindo, e as atitudes de Daemon, como já disse, não são muito compreensíveis para mim.

Resumindo, Onyx é um bom livro, com muitas reviravoltas inesperadas e surpresas. Os novos personagens deixaram a trama mais ágil e cheia de intriga. A prosa da autora é viciante, e termino esta resenha desejando a continuação, pois a autora tem em mãos todos os elementos para trazernos uma sequência absolutamente genial.

Jennifer L. Armentrout nasceu em Martinsburg (USA). O sonho de Jennifer de ser escritora começou nas aulas de Álgebra, o que também explica suas notas ruins em Matemática. Atualmente escreve novelas românticas, de fantasia e de ficção científica para jovens, assim como obras para adultos usando o pseudônimo de J. Lynn. Seus passatempos favoritos são ler e assistir filmes de zumbis.
Seus libros de maior sucesso são os da saga Lux e também os da saga Convenant. 

Web Page Oficial:  http://www.jenniferarmentrout.com

Email: jenniferlarmentrout@live.com



Nos Lemos...

Besitos..


3 comentarios:

  1. Olá Alice, tudo bem?
    Menina eu adorei Obsidian, mas como você também achei o vai e volta de Daemon e Kat bem chatinho...
    Espero que neste tendo mais ação eu me envolva mais. Uma pena que tenha pouco de Dee, pois em minha opinião ela é um dos melhores personagens.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderEliminar
  2. Olá Alice :)
    Não vejo a hora de ter esse livro em mãos, Obsidiana foi demais e esse tem cara de ser melhor ainda, realmente o casal cansa bastante as vezes :/

    Beijos!

    ResponderEliminar
  3. Oi, não conhecia a serie mas vou anotar a dica aqui. Otima resenha!

    Abraços.
    aressacaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderEliminar