★★★★
★★★★
★★★★
★★★★
★★★
★★★★
★★★★★

18 de febrero de 2016

(Review 53) - El Murmullo de la Batalla

25000621El Murmullo de la Batalla
Carlos A. Garrido

Autopublicado / Createspace
Livro 1/3 - Saga Ojos de Réptil
406 Páginas
Fantasia / Romance / Juvenil
Goodreads /Amazon 



*** Para leer esa misma reseña en Español, haz click AQUI

O rei Flojan, de Jávola, está disposto à tornar realidade o sonho de seu pai: a conquista do reino de Fránel. Para isso, e graças a intervenção de Saguia, uma astuta feiticeira que há muitos anos há ganhado a sua confiança, os dragões marrons llutarão pela primeira vez ao seu lado. Porém, parece que Saguia tem os seus próprios planos, em paralelo aos planos de Flojan. Para eles, um passo em falso pode determinar a derrota absoluta, em um combate que vai muito além do conflito armado.

Como prequela de Cautivo de las Tinieblas, esta sequência narra os eventos acontecidos quinze anos antes. O leitor descobrirá aqui o porquê da forma de ser e atuar de alguns dos personagens do primeiro livro, assim como também conhecerá novos personagens que, com seus atos, darão forma ao terceiro volume desta saga.

O passado esconde muitos segredos e alguns, talvez, não deveriam nunca ter saído à luz.




El Murmullo de la Batalla é um livro que tem uma história bastante fantasiosa e preciosa, que me alegra muitíssimo ter escolhido como minha leitura durante as férias, já que normalmente não consigo me concentrar 100% fora a temporada de férias e acredito que em tempos normais poderia ser uma leitura bastante dificil já que a quantidade de informações, fatos novos, reviravoltas e personagens podem confundir o leitor. Portanto, um aviso desde o princípio: esse é um livro para ser lido com bastante atenção.
Uma das coisas que me alegra muito é confirmar a evolução de um autor. É triste quando vemos autores que em seu debut conseguem escrever uma história fantástica e após este, como que perdendo o encanto, não conseguem avançar adiante e alavancar novos sucessos. Fico feliz em conferir como amadureceu a escrita de Jorge Garrido desde seu primeiro livro - Cautivo de las Tinieblas - para esta sua sequência, escrita algum tempo depois. É nítida a maneira como o autor neste livro escreve com mais maturidade, segurança e de uma maneira que prende o leitor com mais facilidade. Os personagens nesta sequência são mais interessantes.

Essa história se passa antes dos eventos de Cautivo de las Tinieblas, narrando os eventos da guerra entre Jávola e Fránel, um evento que colocou dragões brancos e dragões marrons como rivais definitivos. A história se inicia quando o ambicioso rei de Jávola, Flojan, é convencido por uma astuta feiticeira chamada Saguia a unir-se aos dragões marrons e assim, juntos, iniciarem uma guerra contra o povo de Fránel e seu rei Báel. 

Flojan é um rei mal, temido pela população que se sente oprimida e forçada à declarar uma guerra que não buscavam. Báel é o bondoso rei, aquele que é respeitado e ouve seus súditos.

Os capítulos são narrados em terceira pessoa, alternados entre os eventos em Fránel e os eventos em Jávola. 
Os capítulos que trouxeram Jávola foram os que mais me prenderam. O grupo de feiticeiros liderados por Saguia é extremamente interessante, e espero que o autor, caso decida por mais uma continuação da saga, nos traga mais acerca destes personagens que não são necessariamente vilões, porém pessoas possuidoras de dons sobrenaturais que, por também sentirem-se oprimidos, buscam uma liberdade e poder, através de uma ambição bastante desmedida. 

Algo negativo é o demasiado número de personagens. Por muitas vezes durante a leitura eu me confundia, não sabia mais quem era quem, pois são demasiados personagens entre soldados, reis, dragões e feiticeiros e, embora certamente a intenção do autor foi trazer mais agilidade à trama, mais conflitos e mais ação, isso também tornou a história mais complicada de acompanhar, já que são demasiadas histórias paralelas, deixando-a confusa.

Um dos pontos altos da história é Jávola. Os dragões marrons, os feiticeiros e tudo relacionado à Jávola  é extremamente interessante, e os personagens são ricos em personalidade, o autor parece livre em explorar toda a classe de sentimentos nestes personagens.


A parte mais negativa foram os capítulos referente à Fránel, já que não consegui sentir-me conectada à nenhum dos personagens e por muitas vezes os capítulos referentes à Fránel tornaram a leitura pesada e cansativa. 


Todavia, resta ler a próxima parte da saga, Los Hijos de Daes, e espero que a escrita do autor esteja ainda melhor, com novos conflitos à serem explorados.


Resumindo, El Murmullo de la Batalla conseguiu ser uma continuação superior à sua antecessora, Cautivo de las Tinieblas. 
Uma novela com muitas reviravoltas e batalhas que, ao trazer uma lista demasiado larga de personagens, pode causar certa confusão.
Recomendado à todos os amantes das fantasias com bastante ação, lutas e conspirações, aonde o romance não ocupa um lugar de grande importância (fato que neste caso específico foi uma vantagem já que um romance não aporta nada à trama).




Jorge A. Garrido - É um autor espanhol nascido em 1981. Ao princípio, Jorge nunca se imaginou em uma carreira de letras. Antes disso, foi soldado, mecânico, trabalhou na área de construção civil, foi motorista de táxi, vigilante, mensageiro, e vendia frutos do mar... Certamente esta versatilidade o ajudou a criar um blog, onde publicava primeiramente relatos curtos, até que, 8 meses depois, escreveu a sua primeira obra, Cautivo de las Tinieblas. Ele não parou por aí, e, desde primeiro trabalho se extendeu para uma trilogia: Cautivo de las Tinieblas, El Murmullo de la Batalla Los Hijos de Daes, estes compõem a trilogia "Ojos de Reptil". Além disso ele publicou um livro de ficção científica: Raken, la ciudad del origen y el olvido.



Web Page Oficial: De la Pluma a la Web

Twitter: Jorge A. Garrido

Beijokas!

Nos Lemos....



2 comentarios:

  1. Olá, Alice. Gostei da premissa inicial do livro. É legal acompanhar um blog que não seja brasileiro e conhecer autores espanhóis, que geralmente no Brasil não são muito divulgados. Beijos
    Sil - Estilhaçando Livros

    ResponderEliminar
  2. Olá,
    Não conhecia o autor e seus livros, acho que em geral temos pouco acesso aos livros em espanhol. Mas fico feliz que tenha gostado da leitura, histórias cheias de reviravoltas e etc são sempre incríveis mesmo.
    Beijos.
    Nasci Gabriela - www.nascigabriela.com.br

    ResponderEliminar