26 de octubre de 2015

(Review 38) - Um Amor de Detetive

Título Original: Playing James
Autor: Sarah Mason
Editora: Bertrand Brasil / Ballantine Books
Páginas: 336 Páginas
Publicação: Junho de 2009
Gênero: Chick Lit Romântico
Goodreads / Amazon / Skoob / Bookdepository

*** Livro 1/2 - Série Colshannon ***

**** Para ler essa mesma resenha em Espanhol, clique AQUI ****


Neste divertido romance de estréia de Sarah Mason, os opostos se encontram e, - como não pdoeria deixar de ser - também se atraem. 
A bela Holly Colshannon é uma ambiciosa e desastrada jornalista do Bristol Gazette. James Sabine (apenas un pouco mais bonito do que ela), é um sargento-detetive durão, grosseiro e ressentido. Levados pelo acaso, eles se encontram diversas vezes por conta de uma série de coincidências bastante oportunas. Rapidamente, a determinada Holly vê em James a grande chance de progredir em sua carreira e decide segui-lo por um período de seis semanas a fim de escrever uma coluna criminal, que poderá vir a ser o seu primeiro sucesso jornalístico. O lado positivo da situação é que ela consegue obter a tão sonhada coluna. O lado negativo é que o bonitão não está enm um pouco feliz com a presença constante de Holly em sua vida.



Um Amor de Detetive é um livro com carinha de Sessão da Tarde. Aqueles livros frescos, gostosos de ler em uma tarde tranquila, que cumprem direitinho o papel de nos entreter e relaxar, distrair dos problemas do cotidiano. Não é um livro inesquecível ou uma grande obra-prima, mas, certamente prende o leitor com uma história doce e engraçada, que ao final terminamos com um sorriso sonhador no rosto. Se trata de um chick lit, o que já por si só nos deixa prever uma história bastante rosa e romântica, com toques de humor e muito drama feminino. 

Holly Colshannon é uma aspirante repórter que com muito esforço e lábia conquistou um lugar no Bristol Gazette. Sua missão: fazer a cobertura exclusiva de funerais... de animais de estimação. Um  pouco frustrante, certo? 

Um dia, quando o repórter policial do jornal pede demissão inesperadamente, o chefe de Holly não vê outra opção a não ser dar à ela a missão de cobrir os crimes e casos policiais da cidade. À princípio, Holly se vê completamente desmotivada. Ela não tem experiência nenhuma nesta área! Mas, depois de fazer amizade com a Relações Públicas da delegacia local, uma grande idéia surge para alavancar a carreira de Holly e melhorar a imagem da polícia local. Holly deverá escrever um diário, onde contará as aventuras e mistérios atuando como a "sombra" de um dos policiais. O escolhido? O detetive James Sabine, que sofre de uma verdadeira aversão à repórteres. James Sabine e Holly passarão 6 semanas sendo uma dupla inseparável, Holly deve escrever o passo à passo do detetive em sua coluna diária ao jornal, além disso, no caminho de ambos surgirá um misterioso ladrão que desafia a polícia local, e juntos, eles deverão descobrir a identidade do ladrão e dar fim à série de roubos praticados pelo misterioso criminoso. 

Holly e James Sabine são dois opostos. Ele é durão, másculo; ela é doce e delicada. Ele é aquele que percebe tudo com um simples olhar; ela mal se dá conta do que está à sua frente. Mas esses dois opostos, que à princípio se detestam, começam a descobrir o lado encantador um do outro, e conforme as semanas passam, os sentimentos afloram. Mas Holly já está comprometida com um charmoso (e muito idiota) jogador de rúgbi, e Sabine deverá se casar nas próximas semanas com uma garota que não apenas é linda, mas também inteligente, caridosa e gentil. Pode Holly competir com uma rival como essa? Pode Sabine vencer o charme de um atraente jogador de rúgbi?


Nesse contexto a história se desenvolve. Se você leu e gostou desse resumo do livro, te aconselho à ler. É um livro leve, daqueles feitos para entreter, que se lê na praia, no ônibus, sentada à varanda desfrutando de um fim de tarde. Um livro que não te saca grandes emoções (ele não te fará chorar, ele não deixará suas emoções à flor da pele, você não terminará essa história dizendo que aprendeu uma grande lição) mas por alguns preciosos instantes, esse é um livro que consegue te transportar à um mundo mais fácil de se viver, mais generoso, mais agradável e onde as coisas boas sempre prevalecem. 


Eu desfrutei muito de cada página passada com Sabine e Holly. Embora tenham personalidades completamente distintas, fica impossível não se dar conta da química evidente do casal desde o princípio. Acredito que estas é uma das coisas que mais cativa no livro, o casal principal possuí muita química, o relacionamento entre eles floresce diante dos olhos do leitor, e além do magnetismo do casal principal, a autora nos oferece um rol de personagens secundários absolutamente geniais. Holly possuí uma família bastante autêntica e ao fim do livro fica impossível não morrer de amores pelos pais de Holly, principalmente a mãe dela. A melhor amiga de Holly, Lizzie, também é ótima e conseguiu me cativar. Outro personagem que ganhou meu coração foi o sempre divertido Callum, um dos policiais que trabalham com Holly e James Sabine.


A escrita de Sarah Mason é bastante simples, fluída, divertida. A autora conseguiu manter o clima de mistério no ar, ao acrescentar à história um ladrão responsável por roubos na cidade e que será apelidado por Holly em seu diário de "Raposa". O leitor fica preso às páginas do livro, tentando conhecer a identidade de Raposa e o mistério por trás de seus roubos planejados e executados à perfeição. Enquanto tentamos resolver com Holly e James Sabine o mistério sobre a identidade de Raposa, somos também testemunhas dos sentimentos que a cumplicidade e a evidente atração de ambos vão causando em cada um dos dois. O final é bastante inesperado, eu não sabia o que iria acontecer até o fim, e apenas na última página conhecemos a decisão de Holly e também a decisão de James.  Não é um livro excessivamente largo, mas também não é demasiadamente curto, eu diria que a autora soube contar uma história certa, com os detalhes necessários, na quantidade de páginas corretas, sem atropelar as coisas, mas também sem prolongar excessivamente os acontecimentos. Isso deixou a história bastante ágil, fácil de acompanhar e difícil de largar.


Um Amor de Detetive é sem nenhuma dúvida uma ótima recomendação para quando queremos uma leitura divertida e leve, com uma narrativa envolvente e intrigante, que nos prende com o avançar de suas páginas e ao final se encerra deixando no leitor uma lembrança gostosa e uma sensação leve. Um livro absolutamente necessário para quando queremos sentir a inocência dos amores secretos e a cumplicidade dos grandes amigos, materializados na forma de personagens formidáveis.




Sarah MasonSarah Mason nasceu em 1971 e ela cresceu perto do mar, em Cornwall, Inglaterra. Se formou em Matemática pela Universidade de Bristol, e aos 25 anos começou a importar pipoca gourmet dos EUA e vender à todos. Logo se tornou milionária e dirigiu uma grande empresa.
Quando se casou, Sarah decidiu vender o negócio, tirou uns meses de férias até decidir o que iria fazer á seguir e assim, começou a escrever. 
Atualmente ela vive em Cheltenhan, Gloucestershire, com seu marido, seus dois filhos e um Terrier. 


Beijokas!!! Nos Lemos !!!!


28 comentarios:

  1. Oi Alice!
    Ainda não li esse livro, mas só conheço comentários positivos sobre a trama! É muito bom!
    Bjks!

    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Carla, ele é daqueles livros perfeitos para se fazer entre leituras mais pesadas, após aquele livro mais complicado... acho que vc ia gostar

      Beijokas

      Eliminar
  2. Oi Alice,

    Esse livro é uma fofura. Tenho muita vontade de lê-lo mais dificilmente acho pra comprar, mas qualquer dia desses vou dar uma olhada nos sebos.
    Adorei a resenha.

    Beijos!

    Cintia
    http://theniceage.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Oii

      Como ele já não é tão recente, de repente é possível achar em sebos, dependendo da cidade. Espero que vc encontre, vale a pena

      Beijokas

      Eliminar
  3. Oi Alice, tudo bem?
    Eu amei sua resenha. Adoro livros assim, com este enredo.
    Não conhecia o livro e nem a autora, mas já o coloquei na lista.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Oi Lia, ele é bem divertido, eu indico

      Beijokas

      Eliminar
  4. Oi, Alice!
    Nunca ouvir falar desse livro, mas por causa da sua resenha já me apaixonei por ele.
    Obrigada pela dica!
    Parabéns pelo blog, ele está D+
    Beijokas!
    http://viciadaporlivro.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  5. Oi,
    Tudo bom?
    Meu nome é Raquel Machado sou autora do livro Vingança Mortal e te encontrei lá no blog da Evelyn Post it e livros, vi que deixou um comentário sobre meu livro e gostaria de te convidar a conhecer um pouco mais sobre a história. Inclusive avisar que estou com parcerias abertas, caso tenha interesse é só me enviar um e-mail raquel.machado2014@yahoo.com.br. PS: Adorei sua resenha, não conhecia o livro ainda mas achei interessante, como você disse parece um bom passatempo.
    Beijos
    Raquel Machado
    Escritora Vingança Mortal
    leiturakriativa.blogspot.com.br/p/vinganca-mortal.html

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Oii Raquel

      Claro que eu adoraria conhecer mais sobre seu livro. Te mando um email sim!

      Beijokas

      Eliminar
  6. Olá, Alice.
    Eu já quero esse livro. Amo o gênero e acho que irei adorar a história. Sou dessas que acham que um livro não tem necessariamente de ser algo marcante, existem muitos livros cujo objetivo é entreter, fazer rir, e esses estão entre os meus favoritos.

    Blog Prefácio

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Exato Sil, às vezes queremos ler uma "obra prima" , mas às vezes só queremos mesmo descontrair e dar umas risadas. Pra isso, indico esse livro

      Beijokas

      Eliminar
  7. Olá, tudo bem?
    Não conhecia este livro e confesso que o enredo dele não me cativou muito.
    Pra quem gosta de Chick Lit é uma ótima indicação.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Sim, concordo que pra quem gosta de chick lit ele é quase que uma referência...rrs

      Beijokas

      Eliminar
  8. Que fofura! Gostei desde a capa. *_*

    Beijos,
    http://postandotrechos.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. eu vi alguns com a capa verde, mas achei essa capa azul mais bonita.. minha cor favorita

      Beijokas

      Eliminar
  9. Oii!!!
    Tenho um pouco de pé atrás com Chick-lits porque já li várias e só gostei de uma até agora.
    Talvez dê uma chance para essa por parecer uma história divertida. Gosto de personagens que nos cativam com o humor.
    Que bom que você gostou da leitura!!
    Beijos!!
    Quer falar de livros?

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Eu também tenho o pé atrás com alguns chick lits, tem alguns que achei muito bobos e quando peguei esse livro confesso que fui sem nehuma expectativa, mas foi bom pra descontrair e até me surpreendeu

      Beijokas

      Eliminar
  10. Hey!
    Eu adoro ler essas estória mais amenas, principalmente depois de um livro que me deixou com ressaca literária! haha
    Gostei da estória, sempre que tem personagem jornalista envolvido, fico empolgada pra ler! kk

    Beijo
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Esse livro é perfeito depois de leitras mais densas, quando estamos mais cansadinhos pra ler algo muito detalhado... ele é ótimo

      Beijokas

      Eliminar
  11. Olá,
    Morro de vontade de ler esse livro, mas o peço dele é abusivo. Sempre vejo ótimos comentários sobre sua história, mas ainda não tive oportunidade de conhecer. Também tenho vontade de ler outros livros dela.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Oii Inês

      Não sabia isso do preço do livro... eu comprei aqui onde moro a versão dele em Inglês e o preço até que estava "dentro do orçamento", uma pena que aí seja tão caro... as editoras deveriam já ter notado que isso só desestimula os leitores, principalmente em países que passam por crises financeiras...

      Beijokas

      Eliminar
  12. Gosto bastante desse gênero! Chick lits costumam ser engraçados e com finais surpreendentes. Adoro os da Meg Cabot. Esse livro ainda não conhecia, mas parece ser muito legal pela sua resenha!

    Beijos,
    http://www.gemeasescritoras.com/

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Da Meg eu li dois livros, Tamanho 42 não é Gorda e Pegando Fogo e realmente os dois me surpreenderam e me divertiram muito

      Beijokas

      Eliminar
  13. Oi Alice,
    Já ouvi sobre esse livro, mas sua resenha foi a primeira que li...adorei.
    Essa parte de detetives e ainda envolver um pouco de mistério me animou...e adoro chick-lits, são divertidos..

    E Hum... jogadores de rúgbis são lindos, pelo menos os que já vi, apesar de achar o esporte violento...haha

    Ótima resenha.

    tenha uma ótima sexta.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Oii Nana

      Esse mistério no livro acabou dando mais agilidade à história, não deixando ser mais um romance básico, e isso fez toda a diferença pra mim

      Beijokas

      Eliminar
  14. Oi
    Eu não conhecia esse livro, deve ser uma leitura leve e divertido, gosto de livros desse gênero
    e fiquei com curiosidade de ler, já que a personalidade deles são bem diferentes, quem sabe algum dia me depare com ele para ler.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respuestas
    1. Oii Denise

      Ele já foi lançado há um tempo no Brasil, pelo menos uns 5 anos, mas não sei se está fácil achá-lo ou não, mas se vc tiver a oportunidade te indico muito, é bem divertido

      Beijokas

      Eliminar